Facebook irá recompensar criar método para identificar deepfakes

O uso de deepfakes tem se espalhado rapidamente, inclusive com um aplicativo com essa proposta. Mas, enquanto isso acontece, é preciso criar meios de se identificar quais vídeos não são legítimos. É o que o Facebook pretende fazer ao financiar e premiar pesquisas nesse sentido. A empresa investirá US$ 10 milhões para estimular a criação

Gmail modo escuro até o fim do ano

Mais alguns aplicativos de Android vão receber o tão esperado modo escuro em breve. O tema, em geral, é um recurso importante presente no Android 10, graças ao fato de que o sistema operacional possui uma opção que ativa o modo em toda a sua interface. Até então, o site oficial do Google para o Android 10 não faz menção a uma

Apple pode lançar celular mais em ‘conta’ no próximo ano

De olho na concorrência com marcas com a Samsung e Huawei, a Apple quer colocar um produto para brigar na categoria de smartphones com preços mais acessíveis aos consumidores. De acordo com o site Nikkei Asian Review, a empresa da maçã pode lançar um novo iPhone por valores próximos de 400 dólares já em 2020. O dispositivo teria design mais rústico do que

AppleWatch terá software de monitoramento de sono

A Apple está trabalhando em software de monitoramento de sono para o seu smartwatch e ele pode ser revelado ainda na próxima semana, segundo o 9to5Mac. Com o codinome interno de “Burrito“, o aplicativo para Apple Watch monitora a qualidade do sono, a movimentação, a freqüência cardíaca e ruídos. Como a maioria dos dados do Apple Watch, o monitoramento do sono estará disponível no aplicativo “Saúde”;

Duas das maiores empresas trabalham em notebook dobrável

O mercado de notebooks deve em um futuro próximo ser balançado por uma novidade tecnológica: laptops com tela dobrável — ou seja, formados por uma única “peça” que pode ser dividida ao meio, com a parte inferior sendo normalmente dedicada ao teclado e a superior agindo como um display tradicional. Apesar de ainda estar no campo da

Altas doses de radiação são emitidas de aparelhos IOS e Android

Usuários de smartphones da Apple e da Samsung estão processando as fabricantes após observarem que seus aparelhos emitem radiação de radiofrequência acima do permitido. A ação foi apresentada a uma corte dos Estados Unidos e se baseia em reportagem do jornal Chicago Tribune, que testou diversos smartphones com auxílio de um laboratório certificado pela FCC (Comissão Federal de Comunicação), espécie